Ex_Machina: Instinto Artificial (2015) — [2017/003]

1-g2ur6mluu9p7oyfyo6v1ig

Título original: Ex Machina— Diretor: Alex Garland — País: EUA — Ano: 2015

Eu estou simplesmente de boca aberta tendo acabado de assistir a esse filme. O tema “inteligência artificial” é um dos mais explorados pela ficção científica, mas poucas obras conseguem fazê-lo tão bem quanto Ex Machina. E o fato dele ainda ter sido feito com um orçamento modesto e com um diretor estreante apenas torna seu feito ainda mais impressionante.

Caleb é um jovem programador que trabalha para o maior serviço de busca do mundo, a Goo… quer dizer, Blue Book. Um dia ele é convidado pelo CEO da empresa, Nathan — excelentemente interpretado por Oscar Isaac — , para participar de um experimento fascinante: interagir com e testar a primeira inteligência artificial do mundo. O que se desenrola a partir disso é um verdadeiro levantamento de questões filosóficas sobre a criação, a vontade de ser um deus, o que significa ter consciência, a dinâmica criador-criatura, etc.

Em uma verdadeira releitura do mito de Prometeu com pitadas de Frankenstein, Ex Machina deixa seu espectador num clima de tensão do início ao fim. Desde a chegada de Caleb ao laboratório, localizado em uma remota montanha dentro de, praticamente, uma fortaleza, passando pela constante desconfiança dele com relação à Nathan, e, claro, no experimento em si, as interações com AVA.

E aproveitando que mencionei AVA, wow! Os efeitos especiais — que não deixam a desejar para nenhum filme com 10 vezes o orçamento desse — os cuidadosos efeitos sonoros e a atuação da Alicia Vikander, está tudo simplesmente sensacionais. A atriz conseguiu passar uma verossimilhança absurda para a robô e para sua interação com Caleb. E o filme sabe fazer bom uso disso. Ele sabe nos prender e nos deixar na ponta de nossas cadeiras querendo saber onde aquilo tudo vai dar.

Quando finalmente chegamos ao fim, tomamos um soco na boca do estômago. Daqueles que deixa a gente pensando sobre após dias e dias depois da dor já ter passado. Ex Machina se apresenta como um filme que vai discutir a relação homem-máquina, mas vai muito além disso. Ele discute manipulação, moralidade, soberba e muito mais. E há quem BURRAMENTE diga que ficção científica é um gênero menor… pelo visto essas pessoas só não viram os filmes certos.

Nota: ★ ★ ★ ★ ★

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: